21/07/2015

                  

                              

                                  A tenda






Ao jantar, de domingo, contaram-se histórias passadas e novidades recentes.
A bisavó, sempre atenta, fez-se ouvir:
- Sabem, o vizinho fulano de tal está com varicela. Vejam só que com quarenta e tal anos ainda não tinha tido varicela. Há duas semanas que está fechado em casa. Tem febre. Está mesmo mal.

Ninguém lhe prestou muita atenção. A bisavó calou-se.
Pedro levantou-se, abeirou-se da bisavó e perguntou-lhe:
- Também posso ter varicela? Eu queria tanto...
Teresa olhou para o filho à espera da resposta, da avó.
- Eu não queria que tivesses varicela. Ficas com muita comichão. - respondeu ao bisneto.
- Mas eu queria tanto. - Insistiu o miúdo.
Teresa chamou o filho e disse-lhe, baixinho:
- Não se deve pedir uma doença, para que isso não aconteça. Porque é que tu queres ficar doente?
O miúdo olhou para a mãe, com ar satisfeito, e, respondeu:
- Eu diverti-me muito quando tive amigdalite. A bisa fez-me uma tenda, com uma manta, no roupeiro, do quarto dela. Foi muita fixe, mãe. Acredita, eu quero ter varicela...
Teresa deu uma gargalhada, e, disse:
- Amanhã, vamos fazer uma tenda... mesmo sem varicela.



Sem comentários:

Publicar um comentário