16/04/2016

Bacalhau com charme

Receita económica e de fácil preparação

Quantidades para duas pessoas.

Ingredientes:

1 posta grande de bacalhau
2 batatas tamanho médio
1 cebola média
3 dentes de alho
1 cenoura média
gengibre q.b.
sal q.b.
pimenta q.b. ou mistura de bagas
1 folha de louro
óleo vegetal
Azeite virgem extra
1 pacote de molho bechamel ou de natas para culinária
3 colheres de sopa de queijo ralado
3 colheres de sopa de pão ralado














Coza a posta de bacalhau previamente demolhado. Retire todas as peles e espinhas. Coloque a escorrer para libertar toda a água da cozedura. Reserve.

Descasque as batatas. Corte em palitos finos e pequenos. Frite em óleo vegetal. Coloque a escorrer para libertar o excesso de gordura. Reserve.

Descasque e rale a cenoura. Reserve.

Numa frigideira ou caçarola, com um pouco de azeite, coloque a cebola cortada em rodelas finas, o alho picado, a folha de louro e deixe alourar em lume brando. Adicione a cenoura ralada, envolva e deixe cozinhar a cenoura durante dois a três minutos. Junte-lhe o bacalhau desfiado, envolva e leve ao lume por mais dois ou três minutos para que os sabores se misturem. Por fim, rale o gengibre para esta mistura. Retire a folha de louro. Retifique temperos de sal e pimenta, a gosto.

Verta o preparado para um tabuleiro de ir ao forno, adicione as batatas fritas e envolva tudo com o molho bechamel ou as natas.

Alise e polvilhe com o queijo ralado e depois com o pão ralado.
Leve ao forno o tempo suficiente para alourar e gratinar.

Sirva com uma boa salada inventada por si.

15/04/2016

Nem noite, nem dia.

Nem escuridão, nem luminosidade.

Tanta coisa por descobrir.

Tanto que fica por sentir...



14/04/2016


Insista em ser feliz.

Foque-se no que é importante.

Não se preocupe com o que é ou com o que se pode tornar secundário.

Tenha o papel principal nessa insistência.

Faça com que os momentos de felicidade sejam superiores a todos os outros.



Existe sempre uma segunda opção.

De um lado a Sombra, do outro lado a Luz.

Escolha.

A Luz reconforta.

A Sombra pode aliviar.

E que tal ficar com um pouco de cada?

Atreva-se a manter o seu equilíbrio.



13/04/2016


Afaste os defeitos.
Ignore o que não presta.
Esqueça quem não interessa.

Descubra as virtudes.
Enalteça qualidades.
Elogie, muito, quem merece.

Mesmo que seja devagar, vá mudando a sua maneira de estar...



12/04/2016

Os cinco sentidos da vida.


Supera-te a ti próprio/a.
Experimenta ouvir com o nariz,
Sentir com os olhos,
Ver com os ouvidos,
Cheirar com a boca,
Provar com as mãos.
E, a vida terá um outro som, 
um toque de cetim aveludado,
uma outra visão, 
um outro cheiro, 
um gosto de bem viver.


11/04/2016


Não pense só nos outros.

Pense também em si e por si.



Iluda-se pouco para nunca se desiludir muito.


10/04/2016


Não observe só com o olhar, sinta com todo o seu Ser.





Se não está satisfeito/a com o rumo que a sua vida tomou, procure uma nova rota.

Pode virar logo na primeira esquina ou procurar, o seu paraíso de sonho, um pouco mais além.

Não se acomode.

Pode dar algum trabalho mas a vitória saberá bem melhor.

Olhe em frente.

O caminho percorrido serviu de aprendizagem, nada mais.

Alegrias, sofrimentos ou desgostos, do passado, são lembranças, apenas isso.

É melhor fazer do que viver arrependido/a de nem sequer ter tentado.

Ponha-se a caminho...